Marilu Bueno

Marilu Bueno
Nome completo Maria Luiza David Bueno de Lima
Apelido(s) Marilu Bueno
Nascimento 27 de fevereiro de 1940
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Morte 22 de junho de 2022 (82 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação
Atividade 1955–2022
Página oficial

Marilu Bueno, nome artístico de Maria Luiza David Bueno de Lima (Rio de Janeiro, 27 de fevereiro de 1940 – Rio de Janeiro, 22 de junho de 2022) foi uma atriz e produtora brasileira.

Ficou conhecida pelos diversos papéis cômicos que desempenhou em trabalhos na Rede Globo, como as telenovelas O Bofe, Estúpido Cupido, Sem Lenço, Sem Documento, Partido Alto, De Corpo e Alma, A Gata Comeu e nas duas versões de Guerra dos Sexos, além de humorísticos e programas como Chico Anysio Show, Escolinha do Professor Raimundo, Caça Talentos e Sítio do Picapau Amarelo.

Nos cinemas, ficou marcada pela personagem tia Zuieika, que interpretou no filme Lua de Cristal (1990).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida na capital do Rio de Janeiro nos anos 1940, Marilu atua desde os anos 1960 e possui uma vasta lista de personagens marcantes em sua carreira, sobretudo cômicos, na televisão e no teatro.

Em 1960, Marilu fez sua estreia frente às câmeras no longa-metragem O Cupim, uma comédia dirigida por Carlos Manga. Após sua participação no filme, continuou sua carreia nos palcos. Doze anos mais tarde, estreou em teledramaturgia na telenovela O Bofe, de 1972, interpretando Margot.[1] Após esse trabalho, começou a ter presença regular em produções da televisão brasileira, tornando-se uma atriz conhecida e renomada no meio artístico.

Em 1975, interpreta Rosa, um dos personagens centrais de O Noviço, novela das seis da Rede Globo.[2] No seguinte esteve presente em Estúpido Cupido, última novela da Rede Globo gravada em preto e branco, dando vida à Mariinha.[3]

Esteve em evidência na telenovela Sem Lenço, Sem Documento, de 1977, trama que explorava o cotidiano das empregadas domésticas, onde dava vida à cantora lírica Gilda Duran. Manteve-se afastada dos melodramas por seis anos, realizando apenas participações em humorísticos.

Em 1983, regressa às tramas da Rede Globo em Guerra dos Sexos, de Silvio de Abreu, interpretando a governanta Olívia Krauss. Em 1985, interpreta um de seus personagens mais lembrados pelo público brasileiro, a cômica Tetê em A Gata Comeu, um grande sucesso no qual Marilu ganhou o carinho dos telespectadores ao lado de Cláudio Corrêa e Castro, seu par romântico na trama.

Transferiu-se para a Rede Manchete em 1986, onde trabalhou em algumas produções, como: Dona Beija e Tudo ou Nada. Regressou à Rede Globo em 1988, atuando na minissérie O Primo Basílio.

Nos anos 90, Marilu esteve presente no elenco das telenovelas De Corpo e Alma, onde desempenhou um papel dramático, Quatro por Quatro e O Fim do Mundo; e trabalhou em um seriado protagonizado por Angélica, chamado Caça Talentos, interpretando a Fada Margarida, um dos papéis principais do programa infantil que foi ao ar entre 1996 e 1998 nas manhãs da Rede Globo.

Em 2003, fez algumas participações no Sítio do Picapau Amarelo, como Dona Carochinha, substituindo a atriz Josie Antello. Em 2005, Marilu recebeu o convite para participar do elenco fixo do programa.

Em 2006, transferiu-se para a Rede Record, onde atuou nas novelas Bicho do Mato, como Zuzu, onde contracenou com Beatriz Segall e em Chamas da Vida, como a rabugenta Tia Catarina, irmã e moradora da pensão da Vó Tuquinha, vivida pela atriz Íris Bruzzi.

Após um período de três anos longe da televisão, voltou para a Rede Globo, onde participou do remake de Guerra dos Sexos, vivendo novamente a personagem Olivia, do qual interpretou na primeira versão, em 1983. Em 2014, foi convidada por Daniel Ortiz para integrar o elenco da novela Alto Astral, onde interpretou a milionária Marieta Santana.

Em 2016, entrou para o elenco da novela Êta Mundo Bom!, de Walcyr Carrasco, interpretando Dona Narcisa, mãe superprotetora do personagem Dr. Lauro.[4] Em 2020, foi convidada novamente por Daniel Ortiz, para voltar à televisão em Salve-se Quem Puder, novela que estreou em janeiro de 2020, interpretando a falsa católica Dulce, integrante de um triângulo amoroso formado ainda pelos atores Grace Gianoukas e Cosme dos Santos.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

A atriz não quis se casar e nem ter filhos, e vivia sozinha em seu apartamento no tradicional bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Morte[editar | editar código-fonte]

Faleceu em 22 de junho de 2022, após complicações no pós-operatório de uma cirurgia no abdômen.[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Nota(s)
1972 O Bofe Margarida (Margot)
1975 O Noviço Rosa
1976 Estúpido Cupido Maria Antonieta Siqueira (Mariinha)
1977 Sem Lenço, sem Documento Gilda Duran
1982 Chico Anysio Show Pretória
1983 Guerra dos Sexos Olívia Krauss
1984 Partido Alto Sulamita Miranda
1985 A Gata Comeu Tereza Penaforte (Tetê)
1986 Dona Beija Augusta
Tudo ou Nada Dulce
1987 A Rainha da Vida Edna
1988 O Primo Basílio Dona Felicidade de Noronha
1989 República Sofia
Tele Tema Episódio: "Arco da Vida"
1990 Rainha da Sucata Socialite Participação
Escolinha do Professor Raimundo Pretória
1992 De Corpo e Alma Lacy Bianchi
1994 Você Decide Shirley Episódio: "A Copa É Nossa"
Virgínia Episódio: "Amor e Morte"
Quatro por Quatro Calpúrnia (Tia Pupu)
1995 Você Decide Episódio: "A Adoção"
Episódio: "Pela Estrada da Vida"
1996 Não Fuja da Raia Vários personagens
O Fim do Mundo Dagmar
1996–98 Caça Talentos Fada Margarida
1999 Malhação Ernestina Participação
2000 Você Decide Marilda Episódio: "Mania de Casar"
Angel Mix Noêmia
2001 Brava Gente Oriboncina
2002 Coração de Estudante Madame Nicete
2002 O Quinto dos Infernos Violante
2003 Kubanacan Sodoma Episódio: "17 de julho"
2003–05 Sítio do Picapau Amarelo Dona Carochinha
2004 Da Cor do Pecado Stela
2006 Bicho do Mato Zulmira de Sá Freitas (Zuzu)
2008 Chamas da Vida Catarina Amaro da Silva (Tia Catarina)
2012 Guerra dos Sexos Olívia Krauss[6]
2014 A Grande Família Dona Cráudia Wilson Episódio: "Mãe de Fases"[7]
Alto Astral Marieta Santana[8]
2016 Êta Mundo Bom! Narcisa Ortiz
2020 Salve-Se Quem Puder Dulce Sampaio[9]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1960 O Cupim Consulente
1989 Dias Melhores Virão Adelaide[10]
1990 Lua de Cristal Tia Zuleika[11]
2003 O Homem do Ano Mãe de Cledir (participação)
2010 Operação Mamãe Dona Vandinha

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1955 O Canto da Cotovia
1966 Marido Magro e Mulher Chata
1974 Constantina
1986 Trair e Coçar É Só Começar Olímpia
1987 Seja o que Deus Quiser Sarita
1988 Splish Splash

Referências

  1. «O Bofe - Elenco». Teledramaturgia. Consultado em 3 de março de 2014 
  2. «O Noviço» 
  3. «Ficha Técnica». Memória Globo. Consultado em 1 de fevereiro de 2020 
  4. Gshow (27 de novembro de 2015). «Veja o elenco da nova novela das 6, 'Êta Mundo Bom!'». TV - Gshow. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  5. g1 Rio e TV Globo (22 de junho de 2022). «Atriz Marilu Bueno morre no Rio». G1. Consultado em 23 de junho de 2022. Artista de 82 anos participou de várias novelas e programas de sucesso, como 'Alto Astral', 'Guerra dos Sexos', 'Escolinha do Professor Raimundo' e 'Caça Talentos'. Ela estava internada no Hospital Municipal Miguel Couto, onde passou por uma cirurgia no abdômen e teve complicações. 
  6. «Após 30 anos, Marilu Bueno revive personagem de Guerra Dos Sexos». Globo.com. 23 de agosto de 2012. Consultado em 18 de março de 2014 
  7. «Sem Nenê, comemoração para mães vira o maior 'fuzuê'». Gshow. 8 de maio de 2014. Consultado em 8 de maio de 2014 
  8. Gabriela Duarte (2 de março de 2015). «Marilu Bueno dá lição de bom humor nos bastidores de Alto Astral». Gshow. RJ. Consultado em 25 de março de 2015 
  9. Redação (25 de março de 2020). «Corajosa, atriz de 80 anos desafia coronavírus e grava na Globo em plena pandemia». Notícias da TV. Consultado em 25 de março de 2020 
  10. Cinemateca Brasileira, Dias Melhores Virão [em linha]
  11. Cinemateca Brasileira, Lua de Cristal [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]